Outros

Três anos do blog!

11 de abril de 2019

Oi gente,

E hoje este espaço completa três anos!!! Meu Deus tanta coisa aconteceu de abril de 2016 até hoje. Criei o blog quando estávamos em Lomé no Togo e eu tinha muito tempo em mãos e quase nada para fazer como uma trailing spouse. Ser expatriada e esposa de diplomata num país onde eu não dominava o idioma me tornou criativa. Tive de me reinventar para não surtar e não me sentir inútil. Por conta desse espaço conheci tanta gente bacana que trouxe para a minha vida fora do virtual, respondo inúmeras perguntas sobre casamento com americano (sendo que o blog nem é sobre imigração porém este é o artigo número um acessado por aqui) e conheci outros blogs sensacionais (e perfis do Instagram também).

Já tive vontade de deletar o blog inúmeras vezes, agora morando nos EUA e de volta ao mercado de trabalho fica tão complicado manter ele atualizado na frequência de antes… e não é por falta de assunto não, tenho mais de 35 ideias anotadas no meu bloco de notas para posts. Me sinto tão exaurida por trabalhar com o público que quando chego em casa quero sentar e ver uma besteira qualquer no Youtube pois minha cabeça está cansada demais para escrever. Mas sempre que alguém me pergunta sobre DC ou algum outro destino que já fomos é sempre gratificante poder mandar o link para a pessoa e falar para ela dar uma espiada por aqui pois já mencionei a respeito… por conta disso sigo escrevendo quando dá. Neste momento mesmo estou no avião sobrevoando o Oceano Índico indo em direção ao nosso destino das férias deste ano e resolvi escrever

Escrever se tornou uma grande paixão e para poder ter um blog a pesquisa é fundamental. Você não pode em pleno 2019 escrever algo que não seja verdade. Não é apenas a sua reputação online que esta em jogo mas também sua carreira profissional, principalmente quando você usa o blog como parte do seu portfólio no seu currículo profissional. Manter um blog por tanto tempo principalmente durante a minha estadia no Togo sem um emprego fixo foi primordial durante a minha contratação no meu atual empregador. Mostrar para o meu manager que eu mantive minha cabeça funcionando intelectualmente e fazendo trabalhos voluntários foi essencial. Se você que lê este blog é como eu e não curte YouTube como uma plataforma de criação (nada contra eles, eu mesmo sou consumidora voraz de vídeos por lá, só não me vejo produzindo conteúdo em vídeo) e adora escrever, pense em criar um blog sobre um assunto que você goste. Sempre é muito prazeroso dissertar sobre o que entendemos e gostamos.

Já recebi inúmeras propostas para profissionalizar o blog, transformar o conteúdo em canal, post pago… mas não é a minha pegada. Por conta do trabalho do Ezio não posso me tornar uma pessoa “famosa” na internet. Respeito o nosso ganha pão e sei que nosso estilo de vida é possível por conta do trabalho dele, então por respeito a carreira que ele construiu eu mantenho o meu espaço pequeno mas com leitores de qualidade que estão aqui porque precisam de informações específicas sobre algo que eu já presenciei e posso compartilhar a respeito.


Obrigada pela audiência nestes três anos, tem sido uma incrível jornada e um prazer dividir alguns detalhes dessa minha louca vida com vocês.

Compartilhe

Por Érica Brasilino

0

Pessoas comentaram

Post anterior:


Próximo post:


Comente via Facebook

Deixe seu comentário