América EUA O que fazer em Washington DC Virgínia Washington

Independence Day

05 de julho de 2016

E o feriado mais importante para os americanos finalmente chegou. O dia em que o Will Smith salvou o planeta Terra dos alienígenas 20 anos atrás 🙂

Brincadeiras a parte, o 4 de Julho, o dia da Independência Americana é a comemoração do 4 de Julho de 1776 quando as 13 colônias declararam a sua independência do Império Britânico se tornando um país livre.

Decidimos ficar em D.C neste ferido. De acordo com tudo o que li, Washington tem a melhor queima de fogos do país para a ocasião. Well… os jornais daqui estavam puxando a sardinha para Washington mas ontem a noite descobri que a melhor mesmo fica em NYC e é organizada pela loja de departamentos Macy’s. Pela TV eles estimavam 3 milhões de pessoas por lá acompanhando a queima. Foi realmente lindo demais de acordo com as imagens do senhor Google.

Começamos a pesquisar locais para ver os fogos aqui em D.C e descobrimos que a grande massa turística vai para o National Mall. De praticamente todos os locais do Mall da pra ter uma vista sensacional.

Também podíamos optar ver os fogos do Capitol Hill. Lembrando que nessa área poderíamos tentar um espaço na escadaria da Suprema Corte ou da Biblioteca do Congresso.

Porém descobrimos que nessa parte do National Mall é realizada a celebração oficial do canal de televisão PBS então tudo estava cercado por policiais e as pessoas estavam sentadas lá desde as 10 da manhã guardando lugar. Choveu durante o dia por aqui e não queríamos perder o nosso feriado sentados na chuva sendo que tínhamos outras coisas para fazer.

Se fôssemos muito ricos de acordo com os sites que pesquisamos poderíamos alugar um quarto de hotel bem chique com vista para o National Mall e passar a noite lá. Mas a brincadeira custava a partir de U$400. Dirigimos por alguns desses hotéis e as ruas estavam com vários check points de segurança e bem chatinho para estacionar. Estacionamento em D.C perto dos pontos turísticos pode chegar a U$30 facilmente. Pelo o que entendi somente pessoas com reservas comprovadas em hotéis podiam acessar essas ruas.

Outra opção seria ir para o Tidal Basin (o lago que comentei nos últimos posts); o topo do Kennedy Center for the Performing Arts; algum bar no último andar de algum prédio onde cobra-se entre U$20 a U$40 de entrada para qualquer pessoa; algum cruzeiro pelo Rio Potomac… tínhamos varias opções de lugares para escolher, o grande ponto aqui seria a locomoção. Se fôssemos para D.C ver os fogos estaríamos dependentes única e exclusivamente do metrô pois tudo estava praticamente inacessível para carros.

Outro ponto de onde se pode ver os fogos é do Iwo Jima Memorial que fica ao lado do Arlington Cemitery na Virgínia do outro lado do Rio Potomac.

Estar aqui no 4 de Julho, acho válido se você quer ter uma experiência tipicamente americana. Fogos são sempre lindos de se ver em qualquer lugar do mundo e nós temos nossa super queima de fogos no Réveillon do Rio. Porém aqui tem toda essa questão patriótica que vale super a pena vivenciar. Foi bem interessante conhecer mais da cultura americana após estudar por tantos anos inglês e ensinar o idioma por muitos anos no Brasil. Se puder viajar para D.C ou NYC nessa época, viaje sem pestanejar. Se tiver um pouco de conhecimento sobre a história americana a experiência será mais rica ainda.

No próximo post vou falar sobre a Casa da Moeda Americana ou como eles chamam aqui o Bureau of Engraving and Printing.

Até lá 🙂

 

 

 

 

 

 

Compartilhe

Por Érica Brasilino

0

Pessoas comentaram

Post anterior:


Próximo post:


Comente via Facebook

Deixe seu comentário